você vem sempre por aqui ?!

Seja bem vindo...
Bom dia, ou será Boa tarde, talvez Boa noite.
Esteja a vontade!

quinta-feira, 1 de março de 2012

dor


Arriscando –se pelo incerto ao invés de arriscar-se por um sentimento.
-talvez por medo, talvez por sorte ou ironia do destino.
Ela corre pra um novo abrigo,explica-se e diz estar ciente de tudo. Escuta conselhos de quem sente uma dor inexplicável e passa por cima do amor pra vê-la feliz.
Mal sabe ela.
Mal saberá quantas lágrimas derramadas foram nas tardes quentes de verão por aquela historia de amor que não mais existia’, por aquele puro e lindo sentimento que ela ‘luta’ pra deixar  guardado e não mais vive-lo.

Luzes apagadas

Entre quatro paredes brancas e nuas o silencio causa inquietação...
-ela respira devagar e sente seu corpo cada vez que impuro o ar entra e sai profundo..
Cabeça cheia, tenta desligar-se. Difícil não pensar naquilo que te incomoda, aquilo que doa, traga saudade ou imensa alegria.
Talvez um certo alguém;
Talvez em você mesmo;
Talvez em tanta gente que acaba não pensando ao certo em ninguém...
- ela fecha forte os olhos e abraça o travesseiro como se sentisse medo e quisesse sair daqui.
O coração pulsa devagar e talvez você preferisse que ele nem batesse por um tempo, mas isso seria a morte.
- ela gosta de viver e afirma!
Derrepente você pode estar chorando e o travesseiro é o seu amparo pro momento já que deseja parar de fumar e o chá acabou.
- ela sempre sorri mesmo depois da tempestade.
As flores crescem e se fortalecem junto aos espinhos,

A luzes piscam e alucinam a mente de quem nem se sabe mais onde está..



Onde é que você se meteu?’

- te procurei ao amanhecer, do meu lado dormindo mas você não estava.
liindas são as tardes de verão, te imaginei admirando o céu e te procurei pra podermos passear de mãos dadas sentindo de leve a brisa tocar nossos rostos mas nem um sinal de ti encontrei.
te procurei então ao anoitecer pra juntos' entrar no clima da noite e se beijar mas você não apareceu.
esperançosa ainda te procurei na madrugada pra quem sabe agente se amar ardentemente enquanto as estrelas iam se apagando e mais uma vez você não veio ao meu encontro.
ao perceber que você não viria mais te procurei então dentro de mim
e assim te encontrei do meu lado, sorrindo e me amando...