você vem sempre por aqui ?!

Seja bem vindo...
Bom dia, ou será Boa tarde, talvez Boa noite.
Esteja a vontade!

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

desesperado desabafo

Parei de escrever aqui e até hoje não sei direito porque.. só sei que sinto uma falta danada dos textos ruins' que escrevi só pra desabafar alguma coisa.
Hoje resolvi logar e vamos ver oque sai dessas mãos que tremem.
Explosão de sentimentos, sufoco e grito rouco preso na garganta.
- Eu a fitava e nada conseguia dizer.
Aquela menina boba, chorona e assustada com o mundo em que vive, sabe bem oque quer e enfrenta seus medos, matou e mata todos os monstros que aparecem no seu quarto. Amadureceu.
Amadurece a cada dia.
As vezes se sente fraca e desacreditada mesmo tendo certeza de tudo que pensa e diz..
- As pessoas a cada dia que passa me deixam mais desmotivada.
É dia e logo já é noite, tampouco que parece muito aconteceu e ainda tem um vazio aqui..
- Preciso de estar as vezes sozinha comigo mesma e minhas coisas, no meu canto. 'No meu mundo' como diz minha mãe que por sinal estou com saudades.
Parece até estranho, já que a mania é esconder as dores, mas hoje deitaria no colo daquela mulher que mais a ama e quem mais ama nesse mundo e choraria lagrimas de dor sem dizer si quer uma palavra..
- Mas a mãe ta longe e ela nunca entende, se desespera ao me ver com essa cara toda amassada cheias de lagrimas e soluços.
O braço coçou, a testa enrrugou as lágrima caiam, eram muitas e quentes, escorriam pela pele branca e fria lavando o vermelho que ficou após se encontrar deitada no chão sentindo seu corpo formigar e uma leve vertigem tirar sua consciência do ar por um instante.
- Tenho medo de mim mesma as vezes.

Nenhum comentário: