você vem sempre por aqui ?!

Seja bem vindo...
Bom dia, ou será Boa tarde, talvez Boa noite.
Esteja a vontade!

terça-feira, 8 de novembro de 2011

alone

musica,incenso,fumaça,barulhos alheios,um copo,uma garrafa, espuma, chão, energia, saudade,lembranças.
- Inquietação
na aflição do coração preocupado com os últimos acontecimentos 'trágicos', palavras ditas,palavras não ditas. Quantas vezes querendo falar,me calei e num momento de desespero tudo veio a tona sem eu querer. Medo,incerteza, a verdade.
Indignação, não aceitação,preconceito,choro...
A verdadeira face mostrada, estampada na pele, carne crua e sensível da menina que tinha um segredo ...
o medo agora me consome.
- viver um dia de cada vez, mas não deixar de enxergar o futuro distante e planejado.
incerto, mas tão sonhado.                                     #fortalece.
a face que agora derrama lagrimas não mais poderá mostrar a leveza que esperava traspassar ao não mais precisar esconder aquilo que a faz sorrir.
continuara escondendo... pra 'agradar' alguém, somente por temer.  - isso não me satisfaz.
talvez foi embora a liberdade sempre tão desejada e vivida, talvez uma parte da felicidade, do querer viver... mas eu vou esperar a hora de ir embora viver não mais assim.

um nosso lugar


Um lugar cheio de marcas do tempo ,de historias e momentos, talvez cada canto diga algo... ‘temo nosso lugar.
A um primeiro momento janelas,depois de um certo tempo uma porta com vista pra algum verde um tanto queimado,casas,trilhos, céu e pombos que voam em circulo no mesmo lugar, uma escadinha – sentados conversávamos – uma parede. Detalhes guardados e palavras especiais.
Algum susto,barulhos, pessoas,datas,beijos,abraços e sorrisos.
Olhares, ritmo do coração que parecia conversar – meso -  meninice, ousadia, viagens,brisa
                                                                                                              (um ultimo dia)