você vem sempre por aqui ?!

Seja bem vindo...
Bom dia, ou será Boa tarde, talvez Boa noite.
Esteja a vontade!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

-

Em meio ao barulho da cidade, no 7º andar desse prédio – observo-
Janelas fechadas,plantas,grades,pessoas que trabalham do lado direito ocupados numa rotina estressante é oque parece.
Aparência antiga, sujo,velho é como vejo as paredes externas ...
Um pedaço do céu lá e cima.
Ouço vozes,carros e barulhos não identificados de algo que acontece por dentro...
O vento faz soar um sininho de vento pendurado nessa grade.. um barulho calmo entre ‘tanta confusão’ me aquieta a alma. Algo escrito em outra língua que não sei oque significa – as vezes os detalhes passam meio - despercebidos- olhos atentos viajo na paisagem entre os ‘monstros’ pra algum lugar que me transmite boas e más sensações – as quais prefiro não compartilhar-
Dessa janela tenho lembranças de momentos entre tais 4 paredes onde me encontro...
tem alguém dormindo na sala.
# Parou de ventar... Já é hora de partir.

‘pombos são ratos que voam’

Nojo é oque sinto desses bichos... aglomerados nas praças a procura de migalhas, derrepente se assustam e se espalham entre as arvores.
Lá em baixo – daqui da janela – avisto alguns que procuram comida,qualquer farelo que tenha sido levado pelo vento.
Estão longe, nervoso sinto quando os percebo perto,atravesso,desvio #engraçado. Me sinto tola ao ter ‘medo’ – pra mim são animais estranhos como pessoas falsas e traiçoeiros.
-compartilhando-