você vem sempre por aqui ?!

Seja bem vindo...
Bom dia, ou será Boa tarde, talvez Boa noite.
Esteja a vontade!

sábado, 18 de setembro de 2010

um meninho 2

Pela janela aqueles olhos inquietos e inocentes olhavam.
Mais uma vez eu passava pela rua, descia e observava o menininho que pela janela olhava como se esperasse alguém.
Quando agente é criança agente espera tanta coisa ...
os pais chegarem do trabalho, os presentes do dia do aniversario, o papai noel no natal, o coelho da pascoa, a fada dos dentes, os doces, o carinho, os amiguinhos, olhos atentos a tudo, ouvidos atentos a tudo.
Quando agente é criança espera sem pressa mesmo que as veses inquietos.
Aquele menininho a olhar pela janela me fez lembrar de tantas veses enquando criança eu esperei tanta coisa da mesma maneira que ele fazia naquela manhã ...
Ele brincava com a cortina, olhava somente para um lado, abaixava a cabeça e logo estava olhando de novo, inquieto com uma carinha triste mas com os olhos alegres de uma criança.
Aquele menininho não é tão diferente de mim, ele me fez encarar essa realidade.Mesmo que não seja mais uma criança inocente e indefesa,pequeno homem do futuro, eu sei bem que não é de braços cruzados que devemos esperar oque queremos, mas é que as veses agente espera alguém e é pela janela que agente olha ou as veses agente espera algo e é pela janela que agente olha seja a linha do horizonte, paisagem urbana ou natural, sonhando que aquilo que esperamos chegara de uma maneira ou de outra!
Eu desci pensando e aquele meninho continuou a olhar pela janela  ...

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

certas coisas não devem acontecer

certas coisas não devem acontecer
não, não
certas coisas não deviam mesmo acontecer
existem certas coisas
não não
certas coisas não deviam mesmo acontecer.
Mas acontecem ...

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

rosas e arte

Uma bela obra de arte esse arranjo.
16º Festival de Morangos,rosas e flores.
Na cidade de Alfredo Vasconcelos - MG 
(12/09/10)

pensamento sem razão

Existem momentos na vida em que agente para mais pra olhar, observar, analisar ...
Momentos em que mudamos de espaço, inovamos os pensamentos, queremos novidades, trocamos de roupa, mudamos o jeito do cabelo ... sei lá
Sentada eu estava a ouvir uma pessoa dizer coisas importantes.Minha mente as veses tão dispersa vagarosamente começou a pensar em tanta coisa e ao mesmo em nada.
Virei minha cabeça e derrepende ja estava viajando em meus pensamentos olhando pela janela, sentada naquele chão daquela sala...
Me vi sorrindo, e fazendo caras e bocas!
Mesmo que no momento errado, mas não ligava afinal a sensação que experimentava era diferente de qualquer outra ja vivida.
sim, claro, um pensamento com olhares perdidos no horizonte nunca é igual ao outro nem mesmo as sensações!