você vem sempre por aqui ?!

Seja bem vindo...
Bom dia, ou será Boa tarde, talvez Boa noite.
Esteja a vontade!

sábado, 18 de setembro de 2010

um meninho 2

Pela janela aqueles olhos inquietos e inocentes olhavam.
Mais uma vez eu passava pela rua, descia e observava o menininho que pela janela olhava como se esperasse alguém.
Quando agente é criança agente espera tanta coisa ...
os pais chegarem do trabalho, os presentes do dia do aniversario, o papai noel no natal, o coelho da pascoa, a fada dos dentes, os doces, o carinho, os amiguinhos, olhos atentos a tudo, ouvidos atentos a tudo.
Quando agente é criança espera sem pressa mesmo que as veses inquietos.
Aquele menininho a olhar pela janela me fez lembrar de tantas veses enquando criança eu esperei tanta coisa da mesma maneira que ele fazia naquela manhã ...
Ele brincava com a cortina, olhava somente para um lado, abaixava a cabeça e logo estava olhando de novo, inquieto com uma carinha triste mas com os olhos alegres de uma criança.
Aquele menininho não é tão diferente de mim, ele me fez encarar essa realidade.Mesmo que não seja mais uma criança inocente e indefesa,pequeno homem do futuro, eu sei bem que não é de braços cruzados que devemos esperar oque queremos, mas é que as veses agente espera alguém e é pela janela que agente olha ou as veses agente espera algo e é pela janela que agente olha seja a linha do horizonte, paisagem urbana ou natural, sonhando que aquilo que esperamos chegara de uma maneira ou de outra!
Eu desci pensando e aquele meninho continuou a olhar pela janela  ...

Nenhum comentário: